Cabeçalho
Conteúdo
 
Inicio

Design

Versão para impressão

Provas de Ingresso | Saídas Profissionais | Áreas Científicas | Plano de Estudos

Objectivos

Em particular, pretende-se que os estudantes adquiram:

  • competências transversais e flexíveis, criativas e técnicas, que lhes permita combinar, de forma adequada e apropriada, as suas necessidades pessoais, profissionais e científicas;
  • competências de responsabilidade social, tendo por base uma visão holística das questões ambientais, sabendo manusear instrumentos de disseminação do conhecimento adquirido;
  • capacidades para a identificar, propor e encontrar soluções de design no âmbito da sustentabilidade ambiental, contribuindo para a criação de estruturas sociais, sólidas, equitativas e inclusivas;
  • competências para o desenvolvimento, coordenação e implementação de projectos de design social, design de serviços, design de sistemas, do design estratégico e de design de comunicação;
  • capacidades de comunicação, visuais e interpessoais, conferindo competências de facilitadores.
  • preparação para a progressão nos estudos, num segundo ciclo, em qualquer área do design, incentivando o aprofundamento científico.

Competências

O ciclo de estudo promove um corpo de conhecimentos relevantes e apropriados à actividade de design, incentivando a estruturação de conhecimentos transversais de arte e de design, das ciências sociais e ambientais, a par da formação técnica que suporta o saber fazer. Este primeiro ciclo de estudos em design pretende fornecer as bases para o desenvolvimento da actividade de Designer. As capacidades e competências de um designer são abrangentes; deste modo, a formação em design compreende uma didáctica que privilegie a aquisição de:

  • competências relacionais de comunicação, que permita ao futuro designer interagir e desenvolver trabalho com diversos tipos de parceiros;
  • capacidades de saber inovar, ter criatividade e pensamento crítico, com o objectivo de encontrar as melhores soluções de design;
  • competências de saber inventariar, analisar, criar, comunicar e implementar soluções de projecto de design adequadas em diferentes contextos;
  • e por fim, capacidade de ter um pensamento autónomo, que lhes permita desenvolver um trabalho “projectual” ou uma investigação de forma independente.