header_instituto
Conteúdo
 
Inicio História

História

Versão para impressão

O IPA nasceu em 1990, com a designação Instituto Politécnico Autónomo, fruto da reunião de um conjunto de professores do ensino superior que, à data, identificaram como vector do desenvolvimento nacional, a necessidade de maior e mais diversificada oferta de formação superior. A organização da instituição enquanto escola de ensino politécnico reflecte, desde a génese, a sua filosofia de “saber fazer”, oferecendo formação com forte componente prática e em linha com as necessidades evolutivas do tecido empresarial nacional.

Privilegiando desde o início as áreas tecnológicas, tradicionalmente dotadas de forte componente de inovação, afirmou-se como uma instituição privada de referência, ao contar hoje com uma história de 20 anos a leccionar nas áreas da engenharia, em particular civil e mecânica, informática e gestão. Atento à evolução da sociedade global, complementou recentemente a sua oferta formativa, ao adicionar as áreas da interactividade, criatividade e design, enquanto campos estratégicos de actuação e base das indústrias criativas.

Por imperativo das mudanças efectuadas no sistema nacional de ensino, em particular no subsistema superior, mudou a sua designação para Instituto Superior Autónomo de Estudos Politécnicos em 2006, reestruturando os ciclos de estudos e graus oferecidos e adequando-os aos sucessivos enquadramentos legais. Actualmente oferece cursos de primeiro ciclo e de pós-graduação, dotando os alunos das capacidades cognitivas, metodológicas, tecnológicas e de resolução de problemas, estimulando a sua criatividade e promovendo o seu talento para além das suas áreas de estudo.

Actualmente oferece cursos de primeiro ciclo e de pós-graduação, dotando os alunos das capacidades cognitivas, metodológicas, tecnológicas e de resolução de problemas, estimulando a sua criatividade e promovendo o seu talento para além das suas áreas de estudo.