Cabeçalho cursos
Conteúdo
 
Inicio Design Sonoro

Design Sonoro

Versão para impressão

 

Coordenador do ciclo de estudos

Doutor António de Sousa Dias

 

Objectivos

O som é um dos grandes conceitos emergentes no séc. XX. Para além da constante presença em praticamente todos os projectos ou eventos situados nas artes performativas, nos audiovisuais, no multimédia ou áreas transversais, o som adquiriu uma importância e uma autonomia sem precedentes. Por isso, hoje, quer se trate de uma banda sonora, de uma sonoplastia ou de um projecto de sound branding, a presença do som deve responder a níveis de exigência técnica e estética cada vez mais elevados.

Seja artista sonoro, designer de som, músico, compositor, técnico ou director de som, é ao Designer Sonoro a quem cabe a responsabilidade pela “partitura sonora” de um projecto para o qual, individualmente ou em equipa, deve planear, captar, construir, transformar e fornecer os elementos sonoros necessários para a sua produção.

A licenciatura em Design Sonoro visa responder às necessidades de formação neste domínio, propondo-se formar profissionais altamente qualificados na área do som, dotando-os dos conhecimentos, competências e autonomia necessárias à concepção, desenvolvimento e execução de projectos em diferentes áreas como, por exemplo, sonorização, sound design, foley ou música experimental para diferentes tipos de meios (cinema e audiovisual, teatro, rádio, performance e multimédia).

 

Competências

O ciclo de estudos promove a especialização como Designer Sonoro, um perfil alargado em relação à profissão de sonoplasta (3.1.3.1.30) tal como é definida na CNP - Classificação Nacional de Profissões.
Corresponde a um perfil profissional de especialistas em som, dotados de uma sólida preparação cultural e artística na sua área de especialização que lhes permita integrar-se em projectos de diferentes domínios (jogos, design sonoro interactivo, ou outros), envolvendo a aquisição de:

  1. Conhecimentos teóricos e técnicos em especial nas áreas do som e da música, mas também e de uma forma mais geral, do audiovisual e do multimédia (programação, interfaces), em articulação com os conhecimentos artísticos concomitantes respectivos (living art, cinema, etc.).
  2. Competências e capacidades inerentes à concepção, elaboração ou selecção, desenvolvimento e execução de ambientes sonoros, foley, sound design entre outros para diferentes tipos de meios (cinema, teatro, audiovisual, performance e multimédia)

 

Provas de Ingresso | Saídas Profissionais | Áreas Científicas | Plano de Estudos | Flyer | Página do Curso